17 de set de 2014

Melasma: Cuidados necessários para evitar ou previnir


Oi, Beautys! E aí...
Quem já não sofreu ou sofre com aquela manchinha escura irritante que aparece na face, principalmente no buço?
Pois é, se não tomarmos os cuidados necessários para evitar, essa manchinha pode incomodar e muito.
É o meu caso, não me cuidei muito me expondo demais ao sol sem o uso do protetor facial e acabou dando no que deu. Melasma.

Melasma é uma condição que se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, mais comumente na face, mas também pode ocorrer nos braços e colo. Afeta mais frequentemente as mulheres, podendo ser vista também nos homens. Não há uma causa definida, mas muitas vezes esta condição está relacionada ao uso de anticoncepcionais femininos, à gravidez e principalmente à exposição solar. O fator desencadeante é a exposição  à luz Ultravioleta  e mesmo à luz visível. Além dos fatores hormonais e da exposição aos raios solares, a predisposição genética e  histórico familiar também influencia no surgimento desta condição.

SINTOMAS
Começam a aparecer manchas escuras ou acastanhadas na face, principalmente nas maçãs do rosto, testa, nariz, lábio superior (o chamado “buço) e nas têmporas, lateral dos braços e colo. As manchas têm formatos irregulares e bem definidos, sendo geralmente simétricas (iguais nos dois lados). Muitas vezes as pessoas relacionam o surgimento da mancha ao uso de algum creme, um procedimento de depilação com cera, acidentes domésticos com calor ou forno, mas todas essas possibilidades são apenas “mitos”, não comprovados cientificamente.

TRATAMENTO
O dermatologista é o profissional mais indicado para diagnosticar e tratar esta condição. Os tratamentos variam, mas sempre compreendem hábitos de proteção contra os raios ultravioleta, a luz visível e o uso de medicamentos tópicos e procedimentos para o clareamento. É importante salientar entretanto que o tratamento do melasma sempre prevê um conjunto de medidas para clarear, estabilizar e impedir que o pigmento volte.

CREMES
Para ajudar na remoção destas manchas, cremes clareadores podem ser utilizados. Os mais usados são a base de hidroquinona, ácido glicólico e ácido azeláico. Os resultados demoram cerca de dois meses para começar a aparecer. Não é um método que funciona com todos os pacientes. Mesmo com resultados rápidos , o tempo necessário para estabilizar a condição e impedir que mínimas exposições façam retornar o pigmento pode ser de muitos meses ou anos. Assim o conceito principal é que pacientes com esta condição necessitam tratamento constante.

Bom, eu aderi ao uso dos cremes (já que a mancha não está muio forte).
Começei usando o Complexo Clareador Aclara da Avon.


 Avon Care Aclara Creme Facial Hidratante Clareador
100g. Oferece 24h de hidratação. Com filtro solar. Ajuda a clarear e uniformizar o tom da pele, deixando-a iluminada, raidiante e com aparência saudável.






Paguei por ele menos de R$10,00. Na realidade, não achei muita eficácia no produto. Usei diariamente por um período de aproximadamente 40 dias, e, em todo esse tempo nada perceptível.

Já o Avon Solutions Banishing Night Creme Facial Clareador NOITE tem me trazido melhores resultados. Está custando em torno de R$30,00.

 Formulado com a Tecnologia Melanin Locker que possui uma combinação de TDPA (Ácido Tiodipropiônico) e Extrato natural que ajuda a diminuir  a produção de melanina - proteína responsável pela coloração da pele - e a inibir a sua chegada à superfície da pele, proporcionando um tom de pele mais claro e uniforme. Ajuda a melhorar a aparência das áreas escurecidas e a prevenir o aparecimento de novas.



Utilizo todas as noites, após a limpeza da pele. Recomendo.

E aí Beautys! Gostaram das dicas de hoje?



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©